Suspeito de participar da morte do sub-tenente Amauri é encontrado morto

0
723

Tácio foi morto após sair da delegacia da zona Norte

Filho de Joel do Mosquito e simpatizante do PCC, Tácio teria retornado para casa a pé, atravessando a Ponte de Igapó, quando foi assassinado

Tácio Roberto, de 21 anos, um dos supeitos de participar da morte do sub-tenente Amauri, foi capturado pela polícia na noite da última sexta-feira 18 e levado à Delegacia de Plantão da zona Norte de Natal para prestar esclarecimentos. Cerca de uma hora após sair da delegacia, o rapaz foi encontrado morto.

Filho de Joel do Mosquito e simpatizante do PCC, Tácio teria retornado para casa a pé, caminhando pelas avenidas João Medeiros Filho e Tomaz Landim, até a Ponte de Igapó. Ao atravessar a ponte e chegar na Felizardo Moura, o rapaz foi surpreendido por homens armados que, supostamente, seriam de uma facção rival e que o teriam reconhecido. Tácio foi executado no local a tiros.

A polícia enviou viaturas para interceptar os atiradores, mas não obtiveram sucesso.

Agora RN