Foragido – Chefe do tráfico no RN rompe tornozeleira uma hora após ser solto e foge

0
1034

Robson Marinho foi preso em 2014 suspeito de comandar uma facção criminosa de tráfico de drogas no RN

Robson Batista Marinho foi apontado pelo Ministério Público Estadual como cabeça de facção potiguar durante a deflagração da Operação Alcatraz; paradeiro do criminoso é desconhecido

No início da noite da última sexta-feira, 17, Robson Batista Marinho, preso em 2014 suspeito de comandar uma facção criminosa de tráfico de drogas no Rio Grande do Norte, arrebentou sua tornozeleira eletrônica, pouco mais de uma hora após ser solto pela polícia, ao passar para o regime semiaberto.

O foragido da Justiça recebeu a tornozeleira por volta das 18h30. Às 19h40, o dispositivo eletrônico foi rompido, e Robson escapou. O paradeiro do criminoso é desconhecido.

Robson, que é paulista radicado em Natal, pertence a uma facção que atua na maior parte do Brasil. Ele foi apontado pelo Ministério Público Estadual como cabeça da facção potiguar durante a deflagração da Operação Alcatraz.

Fonte: Agora RN