Governo inclui salários não pagos em folha de rendimentos de 2018, diz sindicato – Rendimentos só poderiam ser lançados após pagos

0
144

O Sindicato dos Servidores em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde-RN) reclama que o Governo do Estado disponibilizou a folha de rendimentos 2018 para a realização da declaração do Imposto de renda, lançando o salário de dezembro, que não foi pago aos servidores públicos do Estado. Os sindicalista argumentam que, pelas regras do Imposto de Renda, os rendimentos só deveriam ser reconhecidos quando fossem efetivamente.

Para a diretora do Sindsaúde-RN, Vanessa Cabral, os servidores não podem pagar por algo que não receberam. “Não é justo. Estamos no mês de março e ainda estamos com os salários atrasados. Não podemos pagar o imposto em cima de um valor que não recebemos”, reclama. O Sindsaúde enviará um novo ofício solicitando uma nova reunião com o Governo do Estado para discutir a pauta da greve da saúde e na ocasião será debatido os valores indevidos nos rendimentos de 2018.

Os servidores ainda não receberam as folhas de dezembro e o 13° salário de 2018. A situação fica ainda pior para os trabalhadores e aposentados que ganham acima de 5 mil reais, pois eles também não receberam a folha de novembro e o 13° salário de 2017. Segundo o governo, o pagamento dessas folhas está dependendo de recursos extras, na qual, a governadora Fátima Bezerra (PT) está negociando com os bancos. A saúde do Estado está em greve há mais de um mês e a sua principal reivindicação é o pagamento dos salários atrasados.

Portal no Ar