Cantor americano morre com tiro acidental durante gravação de clipe – Justin Carter, de 35 anos, era considerado uma estrela em ascensão do country

0
261

O cantor americano Justin Carter, de 35 anos, considerado uma estrela em ascensão do country, morreu após atirar em si mesmo enquanto gravava um videoclipe. O acidente aconteceu no último sábado, 16, na mesma semana em que o artista estava prestes a começar uma turnê, após assinar contrato com uma nova gravadora e lançar o single “Love Affair” nas principais plataformas de streaming.

Em entrevista à imprensa, a mãe do cantor, Cindy McClellan, disse que o filho estava gravando o clipe na cidade de Houston, no Texas, quando tirou a arma, que estava sendo usada no vídeo, do bolso e atirou acidentalmente no próprio olho.

“Ele era um artista incrível”, disse ela. “Ele era a voz, o pacote completo, e nós tentaremos manter seu legado”.

McClellan também falou sobre o coração bondoso do filho. “Ele era uma pessoa maravilhosa, muito amoroso e amava muito a Deus”, disse. “Ele tinha uma bíblia no seu quarto, na sala e outra no seu carro. Ele também fazia caridade”.

Um dos empresários do cantor, Mark Atherton, disse que ele “tinha potencial para ser o próximo Garth Brooks”, citando um dos grandes nomes do gênero musical. Artheton não deu mais detalhes do ocorrido.

No domingo, a família de Justin compartilhou uma mensagem emocionante nas redes sociais do cantor e agradeceu aos fãs pelo apoio.

“Por favor, mantenha a família de Justin em suas orações e os dê privacidade neste momento difícil. Justin não está mais conosco. Ele foi embora. Sentiremos sua falta. Ele que sempre foi tão cheio de alegria e amado por tantas pessoas. Justin adorava todos os seus fãs, amava todos vocês. Obrigado pelo apoio! Divulgaremos mais detalhes em breve sobre como vocês podem doar para ajudar a família com o velório e tudo mais. Descanse em paz, irmão!”

Portal no Ar