Tarcísio Meira e Glória Menezes deixam Globo após 53 anos

0
95

Tarcísio Meira e Glória Menezes foram dispensados da TV Globo. Foto: Eduardo Nicolau/Estadão

Casal estreou na Globo em 1967, com a novela Sangue e Areia, de Janete Clair. Assim como outras estrelas da emissora que não tiveram contrato renovado, Tarcísio e Glória podem trabalhar na empresa, mas contratados apenas por obra certa

Tarcísio Meira e Glória Menezes, um dos casais mais tradicionais das novelas brasileiras e na vida real, foram dispensados da TV Globo. A emissora decidiu não renovar o contrato dos atores em 2020. A nota oficial não menciona a palavra demissão. “Tarcísio e Glória, com quem tivemos uma longa parceria de sucesso, têm abertas as portas para projetos em nossas múltiplas plataformas. Nos últimos anos, temos tomado uma série de iniciativas para preparar a empresa para os desafios do futuro. Com isso, temos evoluído nos nossos modelos de gestão, de criação, de produção e de desenvolvimento de negócios. Em sintonia com as transformações do mercado, a Globo vem adotando novas dinâmicas com seus talentos”, diz o comunicado divulgado pela colunista Patrícia Kogut.

O casal estreou na Globo em 1967, com a novela Sangue e Areia, de Janete Clair. Assim como outras estrelas da emissora que não tiveram contrato renovado, Tarcísio e Glória podem trabalhar na empresa, mas contratados apenas por obra certa, sem vínculo de longo prazo.

Glória Menezes completa 86 anos em outubro e está no ar com a reprise da novela Totalmente Demais, de 2015. Tarcísio Meira, de 84 anos, interpretou o último papel na Globo em Orgulho e Paixão, há dois anos, com o personagem Lorde Williamson. Ele teve infecção pulmonar na época e deixou as gravações quatro meses antes do previsto. 

Neste ano, Renato Aragão também não teve o contrato renovado com a emissora após 44 anos de casa. O ator e diretor Miguel Falabella, que tinha 38 anos de empresa, foi dispensado do quadro fixo de artistas.

Confira as demissões da Globo em 2020:

Malvino Salvador

Em janeiro, o canal confirmou a não renovação do contrato de Malvino Salvador, que também passaria a trabalhar “por obra”. Ele esteve no elenco de A Dona do Pedaço.

Regina Duarte

Regina Duarte teve sua saída oficializada em 28 de fevereiro pela Globo após aceitar convite do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para assumir a Secretaria Especial da Cultura.

Zeca Camargo

A não renovação do contrato de Zeca Camargo foi anunciada em 27 de maio. Ele vinha fazendo parte do elenco do É de Casa, nas manhãs de sábado, e chamou atenção no passado principalmente por seu trabalho no Fantástico No Limite.

José de Abreu

Em uma live realizada em 3 de junho, o ator José de Abreu anunciou que desfez seu contrato “de maneira extremamente boa para os dois lados”, com a ideia de “tentar uma carreira internacional”. Leia mais aqui.

Miguel Falabella

Em 5 de junho, foi a vez do ator e diretor Miguel Falabella. “Meu contrato acabou [o vínculo vai até setembro], avisaram com antecedência que não iam renovar, mas foram super elegantes, não teve estresse”, afirmou Miguel Falabella.

Renato Aragão

No dia 30 de junho, após 44 anos, o eterno ‘Didi Mocó’ deixou a Globo. “É uma sensação de liberdade”, afirmou Renato Aragão sobre o momento.

José Loreto

Em 1º de julho de 2020, a emissora confirmou a não renovação do contrato de José Loreto. Seu trabalho mais recente foi na novela O Sétimo Guardião, que chegou ao fim em maio de 2019.

Débora Nascimento

Em 2 de julho, um dia após o ex-marido não ter renovação de contrato com a Globo, foi a vez de Débora Nascimento.

Agora RN