Após jovem ser executado a tiros na porta de casa, moradores protestam em Extremoz

0
49

Jovem é morto a tiros durante madrugada e comunidade faz protesto em Extremoz — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Crime aconteceu por volta das 2 horas desta quinta-feira (5). Familiares de Renor Júnior afirmam que o rapaz não tinha envolvimento com ilícitos e cobram investigação.

Moradores da comunidade Contenda, em Extremoz, protestaram na manhã desta quinta (5) por causa da morte de um jovem de 22 anos que foi assassinado a tiros na porta de casa.

Os moradores atearam fogo em pedaços de madeira e interditaram a avenida que dá acesso às praias de Pitangui e Barra do Rio. Os manifestantes pedem justiça e prioridade na investigação.

“Ele era uma ótima pessoa. Foi uma morte injusta e a gente quer que a polícia investigue”, disse a prima da vítima, Mirian Elias.

O crime

O crime aconteceu na madrugada desta quinta. De acordo com testemunhas, o jovem identificado como Renor Júnior foi retirado de casa por quatro homens encapuzados e executado a tiros no meio da rua.

A Polícia Militar esteve no local e constatou que os indivíduos fugiram sem levar nada. Familiares de Renor Júnior afirmam que o rapaz não tinha envolvimento com ilícitos.

Renor chegou a ser socorrido para o Hospital de Extremoz e, em seguida, foi transferido para o Hospital Santa Catarina, em Natal, mas não resistiu e morreu.

G1 RN