Governo do RN amplia faixa salarial do pagamento do 13º para R$ 4 mil

0
63

Demais servidores receberão o complemento do seu décimo terceiro no dia 05/01/2021, conforme anunciado anteriormente. Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil

Na semana passada foi anunciado que os servidores públicos estaduais cujo salário bruto é de até R$ 2 mil e aqueles lotados nos órgãos que têm arrecadação própria receberiam os 60% restantes do décimo terceiro no dia 23 de dezembro de 2020

Reavaliando a entrada do ICMS e as receitas, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, e sua equipe de planejamento consideraram, nesta sexta-feira (18), que irão efetivar o pagamento do 13º para quem recebe até R$ 4 mil, no dia 23 de dezembro de 2020, beneficiando os servidores com menores salários. Na semana passada foi anunciado que os servidores públicos estaduais cujo salário bruto é de até R$ 2 mil e aqueles lotados nos órgãos que têm arrecadação própria receberiam os 60% restantes do décimo terceiro no dia 23 de dezembro de 2020. Hoje, a chefe do Executivo ampliou essa faixa salarial. Os demais servidores receberão o complemento do seu décimo terceiro no dia 05/01/2021, conforme anunciado anteriormente. Também continua a previsão do que ficou estabelecido: na primeira quinzena de janeiro de 2021 será retomada a negociação com o Fórum Estadual dos Servidores para definir o pagamento das duas folhas em atraso, dezembro e décimo terceiro de 2018, deixadas em aberto pela gestão anterior. A governadora garantiu que o passivo começará a ser pago a partir de janeiro de 2021. A gestora lembrou que assumiu a administração em colapso fiscal e financeiro, com categorias de servidores com planos de cargos e salários defasados, sem reajustes e promoções desde 2010, enormes deficiências no quantitativo de servidores ativos, quatro folhas salariais em atraso, sem calendário de pagamento e com o Fundo da Previdência vazio.

Agora RN