Fátima Bezerra anuncia compra de seringas e agulhas para vacinação: “Tudo está pronto”

0
106

Encontro foi realizado de forma remota – Foto: Sandro Menezes

Declaração foi dada durante reunião da governadora do RN com o Fórum dos Governadores do Nordeste. A reunião tratou sobre a vacina contra o novo coronavírus

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, anunciou nesta segunda-feira 28, por meio de sua conta oficial no Twitter, a aquisição de seringas e agulhas para iniciar a vacinação contra a Covid-19 no Estado potiguar.

A gestora, entretanto, não detalha números. Na publicação, Fátima comentou que está trabalhando na capacitação de vacinadores através de convênio com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e dispõe de câmaras frias “adequadas nas regionais de saúde”. “O Governo do RN pretende iniciar a vacinação o mais rápido possível. No que compete ao Estado, tudo está pronto”, destacou a governadora, que participou nesta segunda da reunião com o Fórum dos Governadores do Nordeste para tratar sobre a vacina contra o novo coronavírus. O encontro aconteceu de forma remota. “Todos nós temos a absoluta clareza de que a maior prioridade nesse momento é o Plano de Vacinação. (…) Estamos agora acompanhando a aquisição e entrega das vacinas por parte Governo Federal através do Ministério da Saúde e aguardando o detalhamento do Plano Nacional de Vacinação”, encerra.

Afinal, quando a vacina chega no RN?

O Rio Grande do Norte vai estar pronto para a campanha de vacinação até o fim da primeira quinzena de janeiro. De acordo com o Governo do Estado, a campanha de imunização vai começar já no dia 20, a depender das licenças da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ao todo, serão vacinados 730.381 potiguares.

De acordo com o planejamento divulgado pelo Governo em 18 de dezembro, as primeiras três fases do plano de vacinação no RN serão divididas entre grupos prioritários.

A primeira vai contemplar 79.638 trabalhadores da Saúde, 133.621 pessoas de 75 anos ou mais e 2.447 indígenas.

Na segunda fase, serão vacinadas 328.236 pessoas de 60 a 74 anos.

Já na terceira, devem ser imunizadas 186.439 pessoas com morbidades (diabetes, hipertensão arterial graves, doença pulmonar, cardiovascular e cerebrovascular, além de indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave).

Apesar da meta para vacinação não ter sido definida ainda pelo PNI, acredita-se que com base em campanhas anteriormente definidas esta seja de pelo menos 95% de cada um dos grupos prioritários. Os demais grupos prioritários serão vacinados nas demais fases.

Vale salientar que a estimativa populacional está sendo atualizada pelo Ministério da Saúde para avaliação de qual fase esses grupos estarão inseridos, de acordo com o cenário de disponibilidade de vacinas e estratégias de vacinação.

Agora RN