PRF e PF prendem cinco homens e apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral Sul do RN

0
105

PRF e PF prendem cinco homens e apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral Sul do RN — Foto: Divulgação/PRF

Operação também apreende dois caminhões, quatro carros e embarcação em Baía Formosa.

Cinco homens foram presos por contrabando de cigarros durante operação da Polícia Rodoviária Federal em conjunto com a Polícia Federal, no município de Baía Formosa, no litoral Sul do Rio Grande do Norte, na madrugada do último sábado (30). Na oportunidade, dois caminhões e outros quatro veículos foram apreendidos, além de uma embarcação e 30 munições intactas de calibre .380.

A quantidade exata da carga apreendida não foi divulgada, mas cada caminhão comportaria aproximadamente 1.000 caixas de cigarros. De acordo com a PRF, estima-se que o prejuízo à organização criminosa pode ultrapassar R$ 6 milhões.

Na ação, equipes da PRF e da PF se deslocaram a um ponto de ancoragem de barcos, conhecido como Porto Casqueiro, na cidade de Baía Formosa, e visualizaram dois caminhões do tipo baú que estavam sendo carregados com as caixas de cigarros, que eram retiradas de uma grande embarcação atracada à margem do Rio Curimataú. Os cinco homens que estavam no local fazendo o carregamento foram presos.

Segundo a PRF, na embarcação foram encontradas diversas caixas de cigarros contrabandeados, da mesma marca das que estavam sendo carregadas nos caminhões.

Caminhão é apreendido por transporte de carga de cigarros contrabandeados em Baía Formosa — Foto: Cedida

Caminhão é apreendido por transporte de carga de cigarros contrabandeados em Baía Formosa — Foto: Cedida

Os quatro carros apreendidos eram um Celta de cor prata, uma Strada de cor branca, um Duster de cor vermelha e um C3 Picasso de cor prata, onde foi encontrado uma cama de faquir artesanal, material de iluminação para trabalhos noturnos como refletores e dois carregadores de pistola, cada um com 15 munições de calibre .380.

A ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal em Natal e a embarcação encaminhada à Capitania dos Portos.

G1 RN